Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
EN PT

​Núcleos de Estudantes

​Os Núcleos de estudantes, habitualmente organizados por áreas de estudo, têm como objetivo geral representar os alunos dos cursos aos quais estão associados, promover a discussão e a divulgação de assuntos de relevância para o curso e organizar eventos tanto de caráter académico e científico como cultural.

 

Associação de Estudantes de Engenharia Civil da Universidade do Minho

O grande objetivo deste núcleo é acrescentar uma componente prática e de contexto de trabalho ao curso de Engenharia Civil. Como nos conta Gabriel Sousa, o Presidente, “nós temos uma formação muito boa aqui, mas estas atividades pretendem formar os alunos relativamente à parte prática e perceber o que é que as empresas procuram nos estudantes”. Assim, o núcleo procura estar em permanente contacto com a indústria da construção, estruturas e empresas com preocupações ambientais, através de visitas de estudo. As Jornadas de Engenharia Civil, inseridas na Semana do Departamento de Engenharia Civil, são o grande evento deste núcleo a par da presença no Encontro Nacional de Estudantes. Duas atividades vistas como uma grande oportunidade de formação e networking por este núcleo.

As Jornadas de Engenharia Civil, inseridas na Semana do Departamento de Engenharia Civil, são o grande evento deste núcleo a par da presença no Encontro Nacional de Estudantes. Duas atividades vistas como uma grande oportunidade de formação e networking por este núcleo.


Núcleo de Estudantes de Sistemas de Informação da Universidade do Minho

Não são os poucos anos de existência que ditam as passadas, já largas, do Núcleo de Estudantes de Sistemas de Informação e o TSI.2Market, a grande atividade desenvolvida por este núcleo, é a prova disso. Num evento anual que procura aproximar os estudantes do mercado de trabalho, promovem-se ações de formação, workshops, desafios, sessões temáticas e networking, privilegiado com as melhores empresas ligadas às tecnologias de informação. Na última edição, decidiram inovar com o TechPaper: “Pegamos no desafio do peddypaper, mas transformámo-lo em tecnológico. Para ficarem apurados para a apresentação perante o júri, os participantes teriam ainda de falar com cinco empresas”, revela José Correia, Presidente do Núcleo. O objetivo? Motivar os alunos de todos os anos a quebrar o gelo e a conversarem com as empresas presentes no evento.

“Primeiro de fora e depois de dentro, e apesar de fazermos muitas atividades para os alunos e atrativas, víamos, às vezes, poucas pessoas nas atividades”. O núcleo reagiu, e através da dinamização das redes socias e da organização de atividades cada vez mais atrativas e interativas, conseguiu mudar este paradigma.

O sucesso dos alunos é o principal foco deste Núcleo. Organizando outras formações, procuram ir ao encontro das áreas de interesses dos alunos, mas também “recolhendo opiniões e até classificações de alunos, vemos que eles têm dificuldades em determinada área curricular e fazemos um workshop sobre isso”, clarifica o Presidente do Núcleo.


ASQ University Minho Portugal Student Branch

O American Student for Quality da Universidade do Minho representa todos os alunos que estejam envolvidos em projetos de investigação na área da qualidade. A primeira atividade desenvolvida foi a ajuda à organização do ICQEM – uma conferência internacional na área da qualidade, claro está. Já em 2017 organizaram a Summer School on Quality and Organizational Excellence, um evento que contou com várias participações internacionais e permitiu criar redes de contactos a nível mundial, pois segundo André Carvalho, presidente da ASQ.UMINHO, um dos grandes benefícios é estarem “ligados a uma rede poderosa de académicos e profissionais da qualidade”.

Para já, para além da relação forte com a comunidade académica, este núcleo criou, também, uma relação muito interessante com a indústria. Um dos principais objetivos é divulgar o nome da Universidade do Minho, tanto em termos académicos como de referência em investigação nesta área da qualidade.


Centro de Estudantes de Engenharia Informática da Universidade do Minho

Com mais de 20 anos de existência, o Centro de Estudantes de Engenharia de Sistemas e Informática da Universidade do Minho é o mais antigo núcleo da história da Escola de Engenharia. A Semana da Engenharia Informática é o ex libris do Cesium onde, ao longo de uma semana, os alunos podem contar com workshops, formações e concursos que os desafiam para a informática. Desafio é, realmente, a palavra de ordem deste núcleo de alunos. O Hackathon HeartBits, um concurso com a duração de 24 horas, ou a Code Week, um evento de dedicado à cultura hacker são outras das atividades pensadas para os alunos.

A grande abrangência do curso dá oportunidade ao núcleo de oferecer formações em múltiplas áreas, desde o momento do ingresso, como explica o Presidente do núcleo, Martinho Aragão. Linguagens de programação, a par de soft-skills, são, assim, os temas mais valorizados e recorrentes.


Grupo de Alunos de Engenharia Biomédica

“A primeira dificuldade que sentimos por parte dos novos alunos, e também porque já passamos por isso, é a escolha do ramo”. Identificado o primeiro problema, o Núcleo entra desde logo na vida académica dos alunos recém-chegados, explica Alexandrine Ribeiro, Presidente. Através de tertúlias e workshops, o Núcleo tenta mostrar, desde logo, quais as áreas de atuação da Engenharia Biomédica para ajudar os novos alunos na escolha das unidades curriculares, e do seu futuro.

O núcleo continua a acompanhar o crescimento dos alunos com atividades que permitam esclarecer dúvidas, complementar a formação e partilhar experiências. As Jornadas de Engenharia Biomédica são o grande evento organizado pelo GAEB. São três dias de contacto com a área de estudos, onde podem aprender, trocar impressões e esclarecer dúvidas com profissionais, antigos alunos e empresas. A Feira de Emprego, organizada pela primeira vez em 2016, traz um mar de oportunidades e o primeiro contacto dos estudantes com o mundo real.


IEEE UMinho Student Branch

O IEEE UMinho Student Branch foi criado em 1996, inserida no Institute of Electrical and Electronics Engineers, uma sociedade internacional de índole técnico e profissional. Recentemente organizaram o Leadership Camp, um convívio que contou com a presença de vários membros de todo o país, para desenvolverem as suas capacidades de gestão, liderança e comunicação. O próximo projeto consiste na reativação e dinamização do grupo de afinidade “Women in Engineering”, um grupo destinado a mulheres engenheiras onde partilham conhecimentos e competências nas várias áreas de estudo, com vista a elaborar projetos em favor da humanidade.

Para Ana Rita Martins, Presidente do IEEE UMinho, as atividades desenvolvidas pretendem ajudar os alunos a desenvolverem soft-skills, competências cada vez mais valorizadas pelas empresas e garante que “durante os cinco anos do curso temos oportunidade de aprender muito mais do que aquilo que nos ensinam na sala de aula”.


Núcleo de Alunos de Engenharia Mecânica da Universidade do Minho

Representam a Engenharia Mecânica e a formação e sucesso dos alunos são o seu grande foco. Segundo Renato Costa, Presidente, “neste momento todos os alunos conhecem o núcleo, conhecem as pessoas que o compõe, e os professores também, e isso permitiu-nos aproximarmo-nos dos alunos e haver uma maior interação com eles”. Assim, a organização de formações, workshops e atividades recreativas é uma constante. O grande objetivo é complementar a teoria aprendida na sala de aula e desenvolver “uma componente mais prática num contexto personalizado”, a par das soft-skills, sublinha Renato.

As jornadas da Engenharia Mecânica são o grande evento anual que organizam. Recentemente criaram, ainda, um banco de apontamentos, iniciativa que visa, uma vez mais, o sucesso dos alunos.


Núcleo de Estudos de Bioinformática da Universidade do Minho

O NEBIUM representa estudantes, ex-estudantes, investigadores e entusiastas da área da bioinformática, uma área bastante específica e com bastante potencial, motivo que levou à sua criação, diz Ana Alão Freitas, Presidente do Núcleo. O grande evento, que coorganizam em conjunto com os alunos de mestrado em Bioinformática, são as jornadas anuais, um evento já reconhecido nacionalmente e que tem contado com a presença de convidados internacionais.

Ao longo do ano são ainda realizados outras formações e workshops na área da bioinformática, claro está, porém “temos tido uma participação ativa e um feedback muito positivo da comunidade académica em geral”, refere a Presidente.


Núcleo de Estudantes de Engenharia Biológica

O Núcleo de Estudantes de Engenharia Biológica realiza, ao longo do ano, várias atividades sociais, culturais, desportivas, mas acima de tudo, formativas. Em parceria com o Departamento e com o Centro de Engenharia Biológica realizam voluntariados semestrais, a par de workshops de “cariz menos formal nas atividades para que seja mais fácil interagir e mais dinâmica a aprendizagem”, revela Sara Cerqueira, Presidente do Núcleo.

Anualmente são, ainda, realizados os prémios e as Jornadas de Engenharia Biológica. Este núcleo nota, cada vez mais, a presença de ex-alunos e de outros cursos nas formações, o que lhes dá ainda mais motivação para trabalhar não só em prol da engenharia que representam, mas também da comunidade académica.


Núcleo de Estudantes de Engenharia Eletrónica Industrial e Computadores

O Núcleo de Estudantes de Engenharia Eletrónica Industrial e Computadores realiza ao longo do ano várias atividades extra-curriculares para os alunos sendo estas sociais, desportivas, recreativas, culturais e, principalmente, formativas. Procura realizar atividades que permitam aumentar o leque de conhecimentos dos alunos que frequentam o curso de Engenharia Eletrónica Industrial e Computadores, assim como lhes garantir mais soft skills. Estes objetivos são conseguidos através da realização de workshops, palestras, seminários, competições e visitas de estudo.


Núcleo de Estudantes de Engenharia de Materiais

“Fazer a ponte entre os alunos e as empresas”, é esta a ambição do mais recente núcleo da Escola de Engenharia, segundo Filipa Moreira, Presidente. Conhecer melhor áreas de atuação da Engenharia de Materiais, através de workshops e tertúlias com empresas que operem na área é uma das apostas, por forma a desenvolver a componente prática do curso valorizada pela indústria.

As jornadas, que este ano somam a segunda edição, são o grande projeto do núcleo. Outras sessões de esclarecimento com possibilidades de recrutamento são organizadas durante todo o ano. Estas atividades informativas são consideradas indispensáveis para os alunos e servem, também, como forma de adicionar formação ao grande background do curso. <


Núcleo de Estudantes de Engenharia de Polímeros

“Acima de tudo queremos estar sempre de mão dada com os alunos do nosso curso”, é a forma que Afonso Reis, Presidente do Núcleo de Estudantes de Engenharia de Polímeros, descreve as suas motivações e o motivo da criação deste núcleo, que conta apenas com poucos meses de existência. Apesar do pouco tempo, para além de terem realizado várias atividades já viram os seus efeitos a surgirem, nomeadamente nos acolhimentos às Escolas Secundárias: “tivemos alunos que conseguiram entrar no curso e até nos chegaram a mandar mensagem a dizer”, esclarece.

Visitas de estudo e formações complementares são outros dos projetos que contemplam o plano de atividades definido para este ano letivo.


Núcleo de Estudantes de Engenharia e Gestão Industrial da Universidade do Minho

As Jornadas de Engenharia de Gestão Industrial são o grande projeto deste núcleo de alunos. O evento contou com dois dias preenchidos com workshops, palestras e algumas surpresas, onde o grande objetivo se centrava em enriquecer a formação académica e profissional. Durante o ano são, ainda, realizadas outras formações complementares, mas também ao nível de soft-skills, competências em que este núcleo decide apostar por reconhecer a sua importância para os alunos.

O envolvimento de ex-alunos do curso nas suas atividades é uma constante, por forma a fomentar relações e networking. Solidariedade e responsabilidade social também contemplam o seu plano de atividades.


Núcleo de Estudantes de Engenharia de Telecomunicações e Informática da Universidade do Minho

O Núcleo de Estudantes de Engenharia de Telecomunicações e Informática organiza anualmente o Comunica+, um evento que conta com visitas de estudo, “palestras sobre soft-skills, como forma a melhorar o desempenho dos alunos como profissionais, e workshops técnicos para complementar as aptidões dos alunos como engenheiros”, diz Nuno Tavares, Presidente do Núcleo.

Paralelamente, e pelo menos uma vez por mês, é realizada, ainda, uma das atividades acima descritas de forma a complementar e acompanhar a formação do curso.